Patrono 2017 - Paulo Flávio Ledur

sábado, 13 de maio de 2017

Começa a 27º Feira do Livro de Caçapava do Sul


Aconteceu ontem (12) a abertura da 27º Feira do Livro de Caçapava do Sul, no Salão Paroquial, e contou com a presença de diversas autoridades, dentre elas o anfitrião da feira, o prefeito Giovani Amestoy e o patrono, escritor Paulo Flávio Ledur, que acompanharam o toque da Sineta, pelos Xerifes da Feira, Luiz Hugo e Denise Gervásio Burin.

Pedro Vanolim, um dos organizadores do evento, convidou o prefeito, o patrono, além dos secretários Leandro Bazotti (Cultura e Turismo) e Leslie Maicá de Melo (Educação); Aristides Costa (Coordenador da 13º CRE); Silvio Tondo (vereador representando a Câmara); Rosane Costa (Pres. Câmara de Lavras); Rudinei Lasch (Padre); Lucio Moreira e Simone Walter (festeiros da Festa do Divino) para comporem a mesa presidente e assistir ao Coral Municipal Caçapavano, que entoou o Hino Nacional, o Hino de Caçapava do Sul, além de alguns clássicos nacional e internacional.

Em seguida, houve a transmissão de cargo do ex-patrono Antonio Severo, que, de Brasília, enviou um vídeo agradecendo a homenagem prestada a ele na feira anterior e desejando sucesso ao novo patrono.

Após, alunos da oficina de teatro da escola Nossa Senhora da Assunção, que é a homenageada deste ano devido a passagem de seus 65 anos, apresentaram a peça O Auto da Barca do Inferno. No término, Rivadávia Severo contou a história da escola desde a sua fundação e a diretora Rosilda Teixeira de Freitas agradeceu a homenagem em nome de toda a equipe escolar, convidando, professores, alunos e membros da escola para uma foto em conjunto, quando a instituição de ensino recebeu das mãos do prefeito o troféu de homenagem.

Após, o Padre Rudinei Lasch convidou a todos para uma bênção à Feira Literária e o patrono agradeceu o convite:

“Participo há mais de 10 anos desta feira e gosto tanto de Caçapava que já me sinto caçapavano. Queira ou não queiram. E isto me dá um certo empodeiramento, cuidado!” brincou o patrono com os presentes e contando um pouco da sua trajetória no mundo literário.
O prefeito Giovani Amestoy saudou os presentes, fez um agradecimento aos organizadores da feira e a sua equipe de gabinete, que trabalhou em conjunto para a realização do evento. Ele lembrou que também foi aluno do “Estadual” (como se referiu carinhosamente) e adaptou o slogan já existente Caçapava, cidade que lê:

“Parabenizo a todos os envolvidos neste grandioso evento literário. Assim como disse o nosso patrono, Ledur, Não adianta decorar, e sim pensar! , por isso é importante o incentivo à educação e leitura, para que mudemos a realidade do nosso país. E, em meio a tantos livros importantes nos estandes, e escritores que aqui nasceram, nas oficinas do Alcy Cheuchi, acrescento ao nosso slogan: Caçapava, a cidade que lê e escreve”, findou Giovani.
Neste sábado (13), a programação tem início às 16h e conta com invernada, shows musicais e palestra do patrono, Paulo Flávio Ledur, às 19h30. O evento ocorre no Salão Paroquial e segue até o dia 21 de maio.

Autoridades presentes no evento: Secretários Flávio Monteiro (Planejamento e Meio ambiente); Juarez Teixeira (Saúde) e a vereadora Márcia Gervásio, além da futura secretária de Assistência Social, Maria Tereza de Macedo e o secretário adjunto de Cultura e Turismo, João Timótheo Esmério, marcaram presença na abertura da Feira Literária.

Publicado em 13/05 14:48

Nenhum comentário:

Postar um comentário