Patrono 2016 - José Antônio Severro

terça-feira, 18 de outubro de 2016

Livros Tropeando no Prata e Bento Manoel

Fonte: Provedor Farrapo por Daniel Miranda

Os escritores Rivadavia Severo e Euclides Torres farão o lançamento de seus livros "Tropeando no Prata" e "Bento Manoel", durante as comemorações da semana de aniversário de Caçapava do Sul, nesta quarta-feira, dia 19 de outubro, no Salão Nobre do Instituto Municipal de Educação, a partir das 19 horas.

Rivadavia Severo publica pela AGE, em versão bilíngue o livro Tropeada no Prata / Tropeada en el Plata; uma coletânea de artigos e crônicas insertas em suas quatro obras anteriores, a maioria publicadas durante 10 anos na Gazeta de Caçapava. São textos selecionados referentes à região do rio da Prata – Rio Grande, Uruguai e Argentina – acontecimentos históricos e alguns recentes, envolvendo a região do Cone Sul banhada pela bacia platina. São 33 títulos, repetidos na versão em espanhol, com apresentação do poeta e romancista Alcy Cheuiche e escritor e historiador uruguaio Mario Delgado Aparaín.

Depois de quatro anos de exaustiva pesquisa, Euclides Torres publica pela editora Edigal a obra “Bento Manoel Ribeiro, caudilho maldito”, história muito bem contada desse vulto controvertido que viveu na primeira metade do século XIX no Rio Grande. Sua vida é uma sucessão de batalhas travadas na Cisplatina, Revolução Farroupilha, culminando com o desfecho da guerra contra Rosas. Cognominado “Gaúcho de Sorocaba”, tanto quanto há essa controvérsia, assim foi sua vida na província de São Pedro, onde começou como peão de estância na paragem de São Sepé, na época município de Caçapava, chegando a ser fazendeiro de maiores posses na região. O livro, com 300 páginas, é apresentado pelo escritor e historiador sepeense Cesar Pires Machado.

domingo, 16 de outubro de 2016

Um Olhar Para a Vida

O ambiente com muita interação e alegria marcou o lançamento do livro “Um olhar para a vida”, de Anna Zoé da Silveira Cavalheiro e Maria Augusta Silveira Alves, na noite de sábado, 15. O livro reúne textos sobre o cotidiano e lembranças da cidade.

As escritoras receberam familiares, amigos e leitores no Caminito Café onde autografaram os livros. Os textos, distribuídos em 104 páginas, tratam de vivências, observações do cotidiano e lembranças da cidade.

A obra literária foi dirigida por Liège Alves e Lissandra Mendonça e produzida pela editora Essência.

A próxima sessão de autógrafos será em Porto Alegre, no dia 29 de outubro, no Café Don Caffeloni, no bairro Bela Vista.

Confira os cliques do lançamento do livro no Caminito Café. Fotos de Eduardo Schneider.

sexta-feira, 3 de junho de 2016

Advogado de Caçapava do Sul tem sua vida contada em livro


“A Historia de um Vencedor, do Céu ao Inferno”

Na noite de quarta-feira, 01 de junho, na sede do CDL em Caçapava do Sul, aconteceu o lançamento do livro, “A História de um Vencedor, do Céu ao Inferno”.

O auditório ficou lotado para ouvir o escritor e o biografado, onde a história do advogado e empresário Rogério Castro foi contada.

O radialista Domingos Tormes iniciou o livro em setembro do ano passado, com a intenção de mostrar ao leitor que é possível superar e vencer na vida.
Na abertura, Tormes fez um breve relato de como escreveu a obra. “Foram vários dias, ouvindo entrevistas, vendo vídeos, mas como sou amigo do doutor Rogério, muita coisa ele me falou, ou eu presenciei mesmo”, salientou.
No livro, Tormes narra fatos da vida do Rogério Castro, coisas que marcaram a vida de todos da família, erros que por pouco não lhe custaram a vida devido a forte depressão e o envolvimento com drogas.

“Minha intenção, não era fazê-lo um coitado, mas contar a realidade de uma forma não trágica”, completou.

Já Rogério Castro, visivelmente emocionado agradeceu ao amigo e escritor Domingos Tormes pela iniciativa e disse que sempre recebeu várias homenagens, mas que esta se trata de algo muito especial.

“Sei que muitos que estão aqui, podem ter suas histórias contadas, porque todos têm, eu acho isso importante. E tem mais, se a gente conseguir salvar uma pessoa, que por ventura esteja passando por um momento ruim, então o livro já valeu apena ser escrito”, destacou Castro.

No livro o leitor vai poder acompanhar toda a infância do empresário, as dificuldades da família, que por muitas vezes não tinham o que comer, até a internação para se recuperar da drogadição.

Após a solenidade, a noite ainda foi agraciada com músicas interpretadas por Mateus Solermo, e também foi servido um coquetel para os presentes, enquanto uma fila se formava para pegar um livro autografado.

O livro encontra se a disposição ao valor de 20 reais, no prédio do escritório da Assessoria Jurídica na Benjamin Constant e também no prédio da Perfil RH,na rua 15 de novembro, ao lado do supermercado Peruzzo.

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Estande do Sebo na 26º Feira foi uma experiência bem sucedida

Dia 1 de maio encerrou-se mais uma Feira do Livro de Caçapava e, de acordo com uma das responsáveis pela organização Lislair Leão,  além do tempo frio e da crise enfrentada pelos brasileiros, a Feira do Livro foi um sucesso em vendas, público, palestras e apresentação de artistas e comunidade escolar.
Neste ano um estande especial foi apresentado ao público. Um Sebo, que disponibilizou livros usados a preço simbólico.

O Projeto Caminho do Sul da América gerenciou este estande com a parceria da Comissão Organizadora da Feira. Uma mobilização da comunidade caçapavana para a comunidade caçapavana elegendo a leitura como foco foi uma experiência muito bem sucedida.

Livros e revistas em grande quantidade e com qualidade foram angariados em duas semanas e comercializados, a favor da Feira. Das 766 unidades recebidas, 469 foram vendidas com custo médio de R$3,50. Os livros restantes foram submetidos a uma triagem e divididos em seis partes. Os livros didáticos foram doados a Coeducar, livros religiosos, romances e revistas foram doados ao Presídio Estadual de Caçapava do Sul, livro de cunho literário e infantis partes foram doadas para o Hospital de Caridade e Casa de Acolhimento Bem me Quer e parte restante para as Oficinas Lúdicas da Casa do Poeta de Caçapava e para a Associação de Catadores Guerreiros da Ecologia.

A organização agradece a contribuição e apoio da comunidade que garantiu o sucesso do empreendimento e informa que as oficinas não param com o fechamento da Feira pois quatro oficinas acontecem na Casa do Poeta de Caçapava: Leitura e Papéis para jovens, Leitura para adultos, Desenho e Aquarela e a Oficina de Desenho para quadrinhos. As oficinas iniciam, às 15h, semanalmente, na Casa do Poeta.